Impactos da internacionalização da educação superior na docência universitária: construindo a cidadania global por meio do currículo globalizado e das competências interculturais

Marilia Costa Morosini, Elisa Ustárroz

Resumo


A internacionalização da educação tem sido em um dos mais importantes fatores que vêm impactando a Educação Superior e, especificamente, a docência universitária. Embora inerente à instituição universitária e tradicionalmente acolhida na função pesquisa, a partir deste século, no bojo da Sociedade do Conhecimento e da globalização, a internacionalização se direciona à função ensino e a todo seu arcabouço constitutivo. Logo, a docência universitária passa a se constituir num contexto de afirmação de critérios de qualidade e da internacionalização, cuja inserção nos diferentes níveis de políticas objetiva a construção da cidadania global, através do currículo internacionalizado e do desenvolvimento de competência interculturais. O presente artigo, neste sentido, tem como foco o desafio de construir a cidadania global através da docência.


Palavras-chave


Docência; Educação Superior; Internacionalização; Cidadania global; Currículo internacionalizado; Competências interculturais

Texto completo:

PDF

Referências


ALTBACH, P. The complex roles of universities in the period of globalization. In: GUNI (ed.) Higher Education in the world3. Higher Education: New Challenges and emerging roles for human and social development. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2008.

BALL, S. Educação Global S.A: novas redes políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2014.

CHARLOT, B. A pesquisa educacional entre conhecimentos, políticas e práticas: especificidades e desafios de uma área de saber. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 31, jan./abr., 2006.

CROWTHER, P. JORIS, M.; OTTEN, M.; NILSSON, B, TEEKENS, H.; WÄCHTER, B. Internationalisation at home: A position paper. Amsterdam: European Association for International Education (EAIE), 2000.

GOERGEN, P. Competências docentes na educação do futuro: anotações sobre a formação de professores. Nuances - Vol. VI - Outubro de 2000. Disponível em: . Acessado em 15 jul. 2016.

HAUG, G. La internacionalización de la educación superior: más allá de la movilidad europea. La Cuestión Universitaria, n. 6, 2010. p. 20-29. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2016.

LAUS, S.; MOROSINI, M. C. L Internasionalisation de la enseignement superieur au Bresil. In: THE WORLD BANK. L’enseignement superieur em Amerique Latine: la dimension internationale. Paris: The World Bank, 2005. p.117-156.

LEASK, B. Internationalization the curriculum in an interconected world. CROSLING, G.; THOMAS, L.; HEAGNEY, M. (orgs). Improving student retention in higher education: the role of teaching and learning. New York: Routeledge, 2010.

MOROSINI, M. (ed.). Enciclopédia de pedagogia universitária. Glossário. v. 2. Brasília: Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006. p. 93-161.

_____ . Qualidade da educação superior e contextos emergentes. Avaliação, Campinas, v. 19, n. 2, p. 385-405, jul. 2014.

MOROSINI, M. NASCIMENTO, M. Aprendizagem na educação superior em contextos emergentes internacionalizados/ Learning in higher education in internationalized emerging contexts. In: ENGERS, MOROSINI, FELICETTI (Orgs). Educação superior e aprendizagem/higher education and learning. RIES/PRONEX, V. 5 Porto Alegre: EdiPUCRS, 2015. p. 369 - 385.

NILSSON, B. Internationalising the curriculum. In: CROWTHER, P. JORIS, M.; OTTEN, M.; NILSSON, B, TEEKENS, H.; WÄCHTER, B. Internationalisation at home: A position paper. Amsterdam: European Association for International Education (EAIE), 2000. p. 21- 27.

OECD. Organisation for Economic Co-operation and Development. Internationalising the Curriculum in Higher Education. OECD: Paris, 1996.

OTTEN, M. Impacts of cultural diversity at home. In: CROWTHER, P. JORIS, M.; OTTEN, M.; NILSSON, B, TEEKENS, H.; WÄCHTER, B. Internationalisation at home: A position paper. Amsterdam: European Association for International Education (EAIE), 2000. p. 15-20.

ROBSON, S. Internationalization: a transformative agenda for higher education. Teachers and Teaching: theory and practice, v. 17, n. 6, p. 619-630, 2011.

ROBSON, S.; WALL, K.; LOFTHOUSE, R. Raising the profile of innovative teaching in higher education? Reflections on the EquATE Project. International Journal of Teaching and Learning in Higher Education, v. 25, n. 1, p. 92-102, 2013.

WÄCHTER, B. Internationalisation at home: The context. In: CROWTHER, P. JORIS, M.; OTTEN, M.; NILSSON, B, TEEKENS, H.; WÄCHTER, B. Internationalisation at home: A Position Paper. Amsterdam: European Association for International Education (EAIE), 2000. p. 5-13.

UNESCO. Declaração Mundial sobre Educação Superior no Século XXI: visão e ação. In: Conferência Mundial sobre Ensino Superior, Paris, 1998.

UNESCO. Educação para a cidadania global: preparando alunos para os desafios do século XXI. Brasília: UNESCO, 2015.

USTARROZ, Elisa. Construindo a qualidade da educação jurídica: Limites e possibilidades da aprendizagem baseada em problemas. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.29i97.%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Em Aberto, Brasília, DF, Brasil. e-ISSN:  2176-6673

Licença Creative Commons A Em Aberto está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasPublic Knowledge Project
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
LatindexBASE