A política educacional do Acre e os resultados do Ideb

Joana Buarque de Gusmão, Vanda Mendes Ribeiro

Resumo


Apresenta resultados preliminares de pesquisa que investiga se as políticas educacionais do Acre explicam o crescimento do estado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e se houve ampliação da equidade na rede de ensino. Compartilham-se aqui a descrição e a análise de parte das informações coletadas sobre a política educacional acreana. Os achados indicam a chegada de novos atores ao poder, que formularam políticas após diagnóstico e análise de testes padronizados. Depoimentos denotam que tais políticas são fruto de estratégia de planejamento, além de terem inserido a escola e a aprendizagem no centro de ações de valorização do professor, melhoria da infraestrutura das escolas, respeito à identidade acreana e fortalecimento da cooperação entre estado e municípios.


Texto completo:

PDF

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Rev. Bras. Estud. Pedagog., Brasília, DF, Brasil. e-ISSN: 2176-6681

Licença Creative Commons A Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasLatindex
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
Public Knowledge ProjectDOAJ - Directory of Open Access JournalsREDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico
 Public Knowledge Project