Ações afirmativas no ensino superior e o programa de bônus para ingresso nos cursos de graduação da Universidade Federal de Minas Gerais

Maria do Carmo de Lacerda Peixoto, Mauro Mendes Braga

Resumo


Aborda as ações afirmativas na perspectiva da inclusão social e étnico-racial na educação superior. Analisa os dois primeiros anos da implantação, pela Universidade Federal de Minas Gerais, de um programa de bônus para escola pública e para declaração de cor ou raça no acesso aos seus cursos de graduação. São analisados os resultados dos vestibulares e os questionários socioeconômicos preenchidos pelos candidatos, verificando-se as alterações que se deram na composição de candidatos e aprovados, bem como os efeitos produzidos pelo programa para o aumento da inclusão na Universidade. Embora a inclusão promovida seja apenas parte de um caminho a ser trilhado para a efetividade dessa ação afirmativa, os resultados indicam que o programa de bônus propiciou alterações importantes no perfil dos aprovados no vestibular.

Palavras-chave


ação afirmativa; inclusão social; acesso ao ensino superior; inclusão racial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.93i233.465

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Rev. Bras. Estud. Pedagog., Brasília, DF, Brasil. e-ISSN: 2176-6681

Licença Creative Commons A Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasLatindex
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
Public Knowledge ProjectDOAJ - Directory of Open Access JournalsREDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico
 Public Knowledge Project