A leitura na vida contemporânea

Lucília Garcez

Resumo


Os debates atuais a respeito da leitura estimulam e exigem uma reflexão mais profunda, com base em tudo que já se sabe sobre o processo de ler e compreender. Os programas de democratização da leitura, oficiais ou não, devem intensificar qualitativamente sua atuação, para fazer frente aos apelos imediatos de um mundo cada vez mais seduzido pela imagem, pela comunicação rápida, e, ao mesmo tempo, devem ampliar quantitativamente os esforços para incluir parcelas cada vez maiores da população. Nesse percurso, muitas vezes descontínuo e cheio de obstáculos, qualquer iniciativa em direção ao estímulo à leitura deve envolver diversos agentes e diferentes segmentos sociais: famílias, escolas, professores, bibliotecários, especialistas, pesquisadores, editores, autores, meios de comunicação, instituições governamentais e nãogovernamentais. Se queremos socializar o direito à leitura, não apenas como correspondência entre sons e letras, mas como forma real de conhecimento, interpretação e compreensão do mundo e do ser humano, é imprescindível uma articulação contínua, intensa e harmoniosa entre esses atores.

Palavras-chave: formação de leitores; procedimentos de leitura; educação; ensino.



Abstract

The present debate concerning reading stimulates and demands a more profound reflection, with bases in all that is known about the process of reading and comprehending. The democratization programs of reading, being them official or not, must qualitatively intensify their performance in order to face the immediate appeal of a world even more seduced by image and by fast communication, and, at the same time, they must quantitatively extend the efforts to include more and more parcels of the population. In this sense, sometimes discontinuous and full of obstacles, any initiative towards stimulating reading must involve several agents and different social segments: families, schools, teachers, librarians, specialists, researchers, editors, authors, media, governmental and non-governmental institutions. If we want to socialize the right to learn how to read, not only as a correspondence between sounds and letters, but as real knowledge, interpreting and comprehending the world and the human being, it is of absolute importance a continuous, intense and harmonious articulation among these actors.

Keywords: formation of readers; reading procedures; education; teaching.

Palavras-chave


formação de leitores; procedimentos de leitura; educação; ensino

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.81i199.975

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.





Rev. Bras. Estud. Pedagog., Brasília, DF, Brasil. e-ISSN: 2176-6681

Licença Creative Commons A Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasLatindex
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
Public Knowledge ProjectDOAJ - Directory of Open Access JournalsREDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico
 Public Knowledge Project