O ensino de análise linguística por estagiários da licenciatura em Letras

  • Lívia Suassuna UFPE

Resumo

Este artigo é resultado de um estudo exploratório e objetiva discutir o modo como estagiários do curso de licenciatura em Letras-Português da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) entendem as novas orientações para o ensino de gramática/análise linguística e buscam colocá-las em prática durante o estágio curricular de regência de turma. Os dados analisados foram extraídos de um relatório de estágio apresentado por duas graduandas ao final da aplicação de um projeto didático temático numa turma de 9º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Pernambuco. Para compor o referencial teórico, foram utilizados estudos de autores como Geraldi (1997), Dickel (2012), Ferraz e Olivan (2011), Smiderle, Zavodini-Carlotto e Sella (2017), Emilio (2008), Aparício (2008), entre outros. Os resultados indicaram a presença de elementos inovadores na prática das estagiárias, como a vinculação do estudo gramatical a situações interativas autênticas e o emprego da indução como estratégia didática para favorecer a reflexão sobre o funcionamento da língua. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
18-06-2019
Seção
Estudos