Ensino médio público no passado e no presente: visões de docentes de distintas gerações do Distrito Federal

Palavras-chave: avaliação da educação; Distrito Federal; formação de professores; sistema de ensino estadual.

Resumo

No ano em que Brasília comemora seus 60 anos e em que novas mudanças estão em vigor nas escolas de ensino médio em função da implementação da Lei nº 13.415/2017, faz-se necessário estabelecer um debate sobre os novos rumos do ensino médio no Distrito Federal e no País, sem esquecer o que já foi conquistado e o que a história pode nos ensinar. Nesse sentido, torna-se importante ouvir docentes de distintas gerações que atuaram ou ainda estão atuando em escolas de ensino médio, considerando que suas experiências na docência e na implementação de reformas desde a década de 1970 podem contribuir para o entendimento do ensino médio tanto no passado como no presente. Com base em grupos de discussão, o artigo analisa as orientações coletivas de distintas gerações de professores, levando em conta suas experiências passadas enquanto estudantes dessa etapa e suas visões a partir do momento em que se tornaram docentes. A particularidade deste estudo consiste em considerar as vozes de docentes que pertencem a gerações diversas, mas que coexistem no mesmo espaço e no mesmo tempo, o que gera por vezes conflitos e tensões e, em outros momentos, diálogos, compartilhamentos e aprendizados.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wivian Weller , Universidade de Brasília (UnB). Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Doutora em Sociologia pela Freie Universität Berlin (FU-Berlin). Berlim, Berlim, Alemanha.

Cilene Vilarins Cardoso da Silva, Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Mestre em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Publicado
28-04-2021
Seção
Estudos