Emoções experienciadas no processo de construção de narrativas digitais no Scratch

Palavras-chave: cultura digital; emoções; estudos socioculturais; tecnologia educacional.

Resumo

O uso de tecnologias digitais educacionais tem se tornado objeto de pesquisa na atualidade. No entanto, a compreensão das emoções experienciadas durante a utilização de tais tecnologias no ambiente escolar carece de maior pormenorização. Dessa forma, desenvolveu-se uma pesquisa de natureza aplicada, com abordagem mista, arquitetando um estudo de caso exploratório e descritivo com o objetivo de compreender como os alunos, ao construírem narrativas digitais por meio de programação lúdica em um software chamado Scratch, apropriavam-se do gênero. Para tal, utilizou-se a técnica de observação participante, criando-se um teste (dos estados emocionais) que emprega métodos estatísticos para a construção e apresentação dos dados produzidos com alunos dos 6º e 7º anos do ensino fundamental em aulas de Língua Portuguesa. Os princípios das teorias socioculturais de aprendizagem e das emoções embasaram teoricamente as reflexões deste artigo. Os resultados indicam a predominância de emoções positivas durante o processo e o fato de que a presença delas favoreceu a motivação para a construção dos projetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana Alice Brochado, Universidade Federal de Alfenas (Unifal). Alfenas, Minas Gerais, Brasil.

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Alfenas (Unifal). Alfenas, Minas Gerais, Brasil.

Gabriel Gerber Hornink, Universidade Federal de Alfenas (Unifal). Alfenas, Minas Gerais, Brasil.

Doutor em Ciências pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Campinas, São Paulo, Brasil.

Publicado
31-12-2020
Seção
Estudos